København #1

Para quem não sabe, os meus pais e irmãos estiveram cá a semana passada!

E isto, obviamente, foi motivo para grande passeio por Copenhaga e pela Dinamarca, com uma pequena ida à Suécia. 🙂

Vou contar, aos poucos, um bocadinho sobre todos os locais por onde passamos!

Den Lille Havfrue: A Pequena Sereia

Já aqui falei dela, mencionando o meu espanto pelo “monumento” mais conhecido de Copenhaga ser tão pequeno, sem nada de especial.

Esta pequena estátua, encomendada por Carl Jacobsen (presidente da CarlsBerg), foi inspirada na versão em ballet do conto de Hans Christian Andersen sobre uma sereia que se apaixona por um príncipe.

A estátua foi esculpida por Edvard Eriksen e ficou terminada em 1913. Tem como modelo da face a primeira bailarina a desempenhar o papel de sereia, Ellen Price e como modelo do corpo a mulher do escultor.

Kastellet

Neste local, em 1626 foi construída a primeira fortaleza, no entanto, em 1658 um ataque da Suécia demonstrou que ela tinha inúmeras fraquezas. Sendo Frederico III obrigado a reconstruí-la, obra terminada em1663.

A estrutura final, que ainda hoje existe, consiste num forte em forma de estrela, com cinco pontas, rodeado por um fosso profundo.

Depois de ter sido parcialmente destruída e utilizada como prisão, no século XIX, tomada e ocupada pelas forças alemãs, durante a Segunda Guerra Mundial, actualmente é utilizada pelo exército dinamarquês, embora parte esteja aberta ao público.

Gefion Springvandet

Esta fonte foi erigida em 1908, obra de Anders Bungaard. O seu elemento principal é a estátua da deusa Gefion: uma figura escandinava mítica.

Diz a lenda que o rei da Suécia prometeu oferecer à deusa tanta terra quanta pudesse lavrar numa noite. Gefion transformou os seus quatro filhos em bois e aparelhou-os a um arado (como demonstra a estátua na fonte). Quando a manhã chegou, tinha lavrado um pedaço considerável da Suécia, o qual recolheu e atirou para o mar, formando assim a ilha da Zelândia, ficando no lugar de onde a terra saiu um lago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *